Filme: O Destino de Júpiter

Ou você ri, ou você dorme. Os responsáveis pelo sucesso Matrix até tentaram repetir o feito com O Destino de Júpiter, mas não conseguiram. O que o longa tem de efeitos visuais, tem de previsível. Ok, para não dizer que o filme é cem por cento óbvio, em UMA determinada cena do final, um certo personagem toma uma atitude bem contrária a esperada.

Andy e Lana Wachowski, diretores e roteiristas do longa, acertaram nos efeitos especiais, mas pecaram no roteiro. História confusa, perguntas sem respostas, personagens que aparecem em uma cena, mas somem na outra, são alguns dos deslizes cometidos pelos irmãos Wachowski. A experiência 3D também nada contribui, a tirar por um único momento.

As atuações são convincentes e nada mais. Mila Kunis é a protagonista Júpiter Jones, que descobre ser da realeza de um planeta até então desconhecido. A atriz também é a responsável por um dos poucos pontos positivos do longa: o humor. Channing Tatum é o caçador badass Caine Wise (que roubou o tênis do Marty McFly), além de salvador e par romântico de Júpiter. Já Eddie Redmayne é o vilão Balem, que deseja matar a personagem principal, já que ela ameaça seus planos de um modo que não posso revelar qual. Esqueçam Stephen Hawking (A Teoria de Tudo) e Marius (Os Miseráveis).

Em contrapartida, a trilha sonora é fantástica. Uma das únicas razões para prender a atenção do espectador na tela do cinema com exceção de Channing Tatum sem camisa.

Título original: Jupiter Ascending
Diretor: Andy e Lana Wachowski
Ano: 2015
Duração: 127 min
Distribuidor: Warner Bros.
Elenco: Mila Kunis, Channing Tatum, Sean Bean, Douglas Booth, Tuppence Middleton

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s