Livro: Os Bons Segredos

♪ Embarque nesse carrossel… ♪

Em Os Bons Segredos, Sydney está acostumada a viver sob a sombra do irmão mais velho, Peyton, que sempre teve maior atenção dos pais. Até o mesmo ser preso após dirigir embriagado e atropelar um adolescente, deixando-o paraplégico. Entretanto, os pais de Sydney, especialmente a mãe, enxergam Peyton como a vítima da situação.

Prezando pelas finanças da família, que aumentaram bastante com as despesas legais de Peyton, Sydney decide transferir-se da escola particular que estudou por toda a vida para uma pública. É na Jackson High que a jovem conhecerá Layla, Mac e a família Chatham, amigos e pessoas com as quais ela finalmente poderá contar, tanto seus segredos, quanto com o apoio.

Alguns dos motivos pelo qual admiro o trabalho de Sarah Dessen, autora da obra, dar-se ao fato da mesma sempre tratar assuntos importantes de forma leve, fluída e envolvente. No caso de Os Bons Segredos, Sydney precisa lidar com as consequências das atitudes errôneas do irmão, mesmo não tendo relação com o ocorrido, exceto ser parente do infrator.

Ademais, a obra também retrata a dedicação da família Chatham (filhos e marido) em cuidar da matriarca que sofre de esclerose múltipla, e que em momento nenhum reclamam sobre a incumbência. E falando nos Chatham, Layla, Mac e a sra. Chatam são simplesmente os melhores: Layla é a amiga que toda menina gostaria de ter, e o retrato da jovem apaixonada que não quer enxergar os sinais; Mac, com exceção de Sydney, é outro personagem com o qual você consegue se identificar, além de ser um ótimo irmão, filho, namorado; já a sra. Chatham está sempre de ouvidos abertos e com os bons conselhos a postos.

“Você não pode voltar no tempo, mas pode fazer tudo diferente daqui pra frente”.

Em relação a família da protagonista, enquanto a mãe vive “passando a mão pela cabeça” do filho, querendo que o jovem tenha a melhor experiência possível (lembrando que ele está em uma prisão, não em uma escola), o pai simplesmente apoia todas as decisões da esposa. Eles não chegam a ser negligentes com a filha – mas levam um “estranho” para dentro de casa, onde cheguei a pensar que o livro teria o mesmo fim que o filme O Hóspede (2014) – todavia, quando Sydney comete o único erro da vida (leva os amigos para usarem o estúdio de gravação do irmão sem autorização, mas que tinha sido dada anteriormente porém é esquecida, e ainda é pega tomando um gole de bebida alcóolica), os pais decidem puni-la um tanto severamente. Enquanto, por um lado é compreensível, levando em conta as experiências anteriores com o irmão, por outro, é injusto com a jovem.

Identificar-se com Sydney e tomar suas dores é algo fácil, principalmente ao tentar encontrar abertura ou coragem para expressar seus sentimentos perante a família, especialmente os pais, ainda mais quando eles já estão lidando com uma situação difícil. E quem, assim como a protagonista, não encontra conforto em programas televisivos, quando a vida real é árdua demais?

Just Listen (ou Apenas Escute) encontra-se imbatível como meu livro favorito de Sarah Dessen, mas Os Bons Segredos, definitivamente, entrou para o top 3.

*O título em inglês, “Saint Anything” (Santo Qualquer Coisa, na tradução literal), corresponde a uma cena do livro.

P.s. prepare-se para a vontade de comer pizza que virá durante a leitura.

⭐⭐⭐⭐

Título original: Saint Anything
Autor: Sarah Dessen
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765763

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.