Filme: Nasce uma Estrela

♪ In the shallow, shallow… ♪

É necessário esclarecer desde já que Nasce uma Estrela não se trata de uma autobiografia da Lady Gaga, por mais que ela seja uma cantora renomada e estrela do longa-metragem. Trata-se de uma releitura de filmes (sim, filmes) de mesmo nome lançados em: 1937, estrelado por Janet Gaynor; 1954, estrelado por Judy Garland; e 1977, estrelado por Barbra Streisand.

O longa dirigido, co-estrelado, co-roteirizado e produzido por Bradley Cooper, acompanha o músico Jackson Maine (Cooper), que conhece a artista Ally (Gaga), por quem se apaixona a primeira performance. Ela está a um passo de desistir da carreira de cantora, após vários agentes lhe dizerem que não é bonita o suficiente para a indústria – o que Maine discorda -, até que Jackson a coloca sob os holofotes e sua vida muda. #clichê Entretanto, enquanto a carreira de Ally ascende, o relacionamento dos dois descende, assim como os vícios de Jackson.

Nasce uma Estrela desenvolve-se bem mesmo com uma longa duração (2 horas e 16 minutos), mas em que nenhum momento é arrastada ou cansativa. Pelo contrário, não se sente o tempo passar. A direção de Cooper é ok, entretanto, determinados enquadramentos e posicionamentos fazem com que ela se destaque, especialmente em quatro momentos: durante uma conversa entre Ally e Jackson na clínica; em uma cena em que o cachorro do casal aguarda Jackson do lado de fora da garagem, assemelhando-se a um momento do filme Sempre ao Seu Lado (2009); e nas performances de “Shallow” e “I’ll Never Love Again”. Todas trazendo lágrimas aos olhos do espectador.

A atuação de Gaga divide-se em cenas ok e boas, mas nada digno de premiação. Todavia, o talento musical da mesma é outra história e outro nível, onde retomo as menções as performances de “Shallow” e “I’ll Never Love Again”. Porém, devo confessar que a apresentação de “Why Did You Do That” lembrou demasiadamente videoclipes da funkeira Lexa. Em contrapartida, Bradley Cooper está EXTRAORDINÁRIO (em caps lock, SIM!). Academia, trate de entregar uma estatueta de Melhor Ator a esse homem, pois ele a merece.

Título original: A Star is Born
Diretor: Bradley Cooper
Ano: 2018
Duração: 2h 16min
Distribuidor: Warner Bros.
Elenco: Lady Gaga, Bradley Cooper, Sam Elliott, Dave Chappelle

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s