Filme: Aquaman

“Um rei luta pela nação. Um herói luta por todos.”

Arthur Curry (Jason Momoa) é filho de um humano com uma atlante. Ele cresce em meio aos terráqueos, mas com capacidades metahumanas de um atlante. Quando seu meio-irmão Orm (Patrick Wilson) subjuga os demais reinos aquáticos, declarando guerra a superfície, Arthur é procurado por Mera (Amber Heard), a fim de que ele recupere o tridente que reside o poder de Atlântida, e que unirá terra e mar, e assuma o trono que é seu por direito.

O filme se passa após os eventos de Liga da Justiça, longa em que conhecemos Arthur Curry aka Aquaman (com exceção das imagens em Batman Vs Superman) pela primeira vez. E tendo mencionado tais películas, devo dizer que Aquaman é superior a ambas. Mas não a Mulher-Maravilha rainha da DC depois da minha Supergirl.

Aquaman é repleto de fan service, pose de herói Deadpool aprova essa mensagem, humor pois é!, ação e girl power. Sim, o personagem-título é um homem, o longa é protagonizado pelo mesmo, mas como diz o ditado “por trás de um grande homem, sempre há uma grande mulher”. No caso de Aquaman, são duas.

Rainha Atlanna (mãe de Arthur) e Mera são as duas personagens mais badass que o Universo Estendido DC já viu, depois da Mulher-Maravilha. e você também, Arlequina. Não que hajam muitas personagens femininas no DCU, infelizmente. Interpretadas, respectivamente, por Nicole Kidman e Amber Heard, as atlantes botam pra quebrar e não esperam por ninguém, especialmente a última. Girl power, bitch!

Jason Momoa se sai bem, até porque, vamos combinar, ele praticamente não precisou fazer esforço algum (com exceção das cenas de ação) ao interpretar Arthur Curry. Jason interpretou a si mesmo com poderes metahumanos. Em contrapartida, o filme também conta com dois vilões em cena, Orm e Manta (Yahya Abdul-Mateen II), ambos clichês e envoltos em tragédia familiar.

Quem assistiu Sobrenatural 1 e 2, Invocação do Mal 1 e 2 e Velozes e Furiosos 7 conhece muito bem o trabalho de James Wan. Mas, caso contrário, saiba que Wan sabe como dirigir um longa-metragem. A direção do mesmo é um dos pontos positivos de Aquaman. Além disso, tenho uma “leve” certeza de que a presença de Pitbull com “Ocean To Ocean” na trilha sonora do filme foi ideia de James. #FastandFuriousFeelings

Por mais que os efeitos especiais pequem em diversas situações e não houvesse a necessidade de tamanha duração (2h e 23min), podendo ser reduzido em uns 20 minutos, essas são as únicas ressalvas para com o longa.

Enfim, Aquaman é um Avatar aquático. Pois, assim como no longa-metragem de 2009, temos os terráqueos e os nativos de Atlantis, além de uma nova Pandora.

⭐⭐⭐⭐

Título original: Aquaman
Diretor: James Wan
Ano: 2018
Duração: 2h 23min
Distribuidor: Warner Bros.
Elenco: Jason Momoa, Amber Heard, Patrick Wilson, Willem Dafoe, Nicole Kidman

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s