Filme: Creed II

♪ I got Loyalty, got royalty inside my DNA ♪

Adonis Creed (Michael B. Jordan) segue a vida rumo ao campeonato mundial de boxe. Até que Creed é desafiado por Viktor Drago (Florian Munteanu), filho de Ivan Drago (Dolph Lundgren), o homem que matou seu pai, Apollo Creed.

Família e Renascimento, mas especialmente família, são duas palavras que definem Creed II. Não só por parte de Adonis, mas de todos os personagens envolvidos. Sim, admito desde já que chorei. Porém, em uma única e específica cena.

Obviamente, o foco (e a tensão) está sobre Adonis e Drago (o filho). A bagagem emocional desses dois personagens, que é exposta no filme, é altamente credível.

O renascimento de Adonis, pois sim, esse é um tema carimbado em filmes do gênero, não é só dele, mas também do espectador, visto que você renasce, sofre e se identifica junto e com o personagem. Quem nunca caiu e precisou achar forças para levantar?

As cenas de luta foram digníssimas de “Oh! Ouch! Yeah!”, não só por parte do espectador presente no filme, mas também da audiência externa (eu e, provavelmente, você). Aproveito para contar que tive a oportunidade de assistir Creed II na Comic Con Experience 2018, e tal experiência foi impressionante.

Retomando o assunto acima, tem uma determinada cena que antecede uma das lutas de Adonis, em que a participação de Bianca (Tessa Thompson) faz com que tal momento venha ser um dos melhores e mais memoráveis de todo o filme! Encontro-me deslumbrada (de novo) só de lembrar.

Outra cena que merece destaque é a que Adonis e Bianca descobrem que ela está grávida. Porém, essa descoberta é por intermédio de outra pessoa (mamãe Creed) e vem a ser hilária.

Ok. E mais uma cena que merece destaque é surpresa. Mas saiba que ela traz o retorno de um personagem conhecido e mencionado em Creed. Devo relatar que a cena e aparição de tal pessoa arrancou gritos meus e da minha amiga (Oi, Kati!) durante a exibição. Peço desculpas as pessoas que possam ter se assustado com a nossa reação, mas foi um momento muito emocionante. E não só para nós duas, como para os fãs da franquia também, creio eu.

Quanto as atuações, simplesmente nem tenho o que relatar, no lado positivo da frase. Creed, tanto o primeiro quanto o segundo, juntamente com Nocaute são os filmes de luta que mais amo na vida. E isso não se deve apenas ao roteiro e/ou a direção, mas as performances dos atores envolvidos: Michael B. Jordan (MARAVILHOSO), Tessa Thompson (MARAVILHOSAAA! RAINHA DA CCXP 2018!), Sylvester Stallone (Rocky apenas) e companhia, sem desmerecer seus respectivos personagens e nomes.

Por último, mas não menos importante a trilha sonora. A OST é altamente condizente com a trama do filme mas, minha única ressalva, mais uma vez, é a presença da canção em todos os trailers e vídeos de divulgação, mas não no longa! A música em questão é nada mais, nada menos que “DNA”, do Kendrick Lamar. Um shout out para O Ódio que Você Semeia, que também tocou “DNA” nos trailers e a incluiu no filme! In your face, Creed II.

Enfim, Creed II não supera Creed, mas permanece no mesmo nível de qualidade.

⭐⭐⭐⭐

Título original: Creed II
Diretor: Steven Caple Jr.
Ano: 2018
Duração: 2h 10min
Distribuidor: Warner Bros.
Elenco: Michael B. Jordan, Sylvester Stallone, Tessa Thompson, Phylicia Rashad, Florian Munteanu, Dolph Lundgren

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.